psicologia-online

Relacionamentos Amorosos Contemporâneos

Novas formas de relações amorosas têm acontecido com o apoio da tecnologia, para conectados, a tecnologia não é somente uma ferramenta de trabalho, está também a serviço dos relacionamentos amorosos em que mulheres e homens buscam encontrar alguém para ter um relacionamento amoroso. Para algumas pessoas parece ser simples encontrar um grande amor, já para outras um pouco mais difícil por diferentes razões.

Atualmente, vivemos em sociedade em que os adultos também estão com uma baixa tolerância a frustração. Diante disso, aplicativos de relacionamentos foram criados para cruzar as informações que são retiradas das redes sociais que dão a ilusão de já conhecer um pouco da outra pessoa, e com a opção de não se envolver com as que vão contra seus princípios.

Uma busca de informações e comunicação, fundada no que está escrito nas redes sociais, a ideia é conhecer sem criar expectativas que possam resultar em frustrações de não ser a pessoa ideal. Assim, o desejo é encontrar a pessoa “certa”, sem prestar atenção nos sentimentos, emoções e sensações que evocam o processo de conhecer alguém, o olho no olho, coração mais acelerado, os possíveis arrepios e até mesmo ter que lidar com os sentimentos ao ser ignorado.

Nas relações amorosas os envolvidos buscam ter laços emocionais, um amor que necessita de apego e vínculo emocional. É isso que nos difere dos animais, os seres humanos necessitam ter alguém para depender, um amor que possa oferecer conexão e confiar.

Não estamos aqui para somente fazer críticas negativas aos encontros amorosos através das redes sociais.  Há belas histórias de casais que se conheceram nos aplicativos e nas redes sociais em que estão felizes planejando viagens, se terão filhos ou um animal de estimação, se irão morar junto, entre outros planos.

Por outro lado, o que uniu é o que aparece como motivo de brigas, há casais que estão em conflito exatamente pelo uso exagerado da tecnologia. Um dos motivos das queixas na terapia de casal é a ausência de comunicação e parceria, ainda mais pôr o outro estar o tempo todo conectado, como se não houvesse outra pessoa no mesmo ambiente.

A terapia de casal busca apoiar os casais, retomar a comunicação e auxiliar no encontro de habilidades de resolução de problemas, entre outras estratégias acordadas.

 

AUTORA PSICÓLOGA MICHELE ASSIS MULLER

Se você procura Psicóloga (o) ou Psiquiatra em Porto Alegre entre em contato conosco e agende sua Primeira Consulta.

Atuamos com atendimentos a crianças, adolescentes e adultos assim como avaliação neuropsicológica, avaliação psicológica, avaliação de perfil comportamental e orientação vocacional/profissional.

Curta nossa Página no Facebook https://www.facebook.com/psicoaquiportoalegre

Siga nosso Instagram https://www.instagram.com/psicoaqui/

ou Ligue 051 99975-2605 /051 99286-9750

 

COMPARTILHE

Marque sua consulta