direito-de-luto

O Processo de Luto: Quando Perdemos um Ente Querido

Como já diz o ditado ‬“Para morrer,‭ ‬basta estar vivo.‭”‬,‭ ‬ou seja,‭ ‬a morte faz parte da vida e é uma passagem da qual não podemos fugir.‭ ‬

Sendo assim todo o ser vivo que nasce consequentemente morrerá.‭ ‬E é exatamente por sabermos dessa premissa e termos consciência da inevitabilidade da morte,‭ ‬que criamos ao longo da vida,‭ ‬mecanismos que nos auxiliam a negá-la.‭ ‬

Esses mecanismos são importantes e nos permitem levarmos a vida sem pensar o tempo todo nessa finitude.

 

‭ ‬No entanto quando perdemos um ente querido,‭ ‬experimentamos uma sensação de vazio e um sentimento de perda intenso,‭ ‬que parecem ser insuportáveis.‭ ‬

A dor se apega ao corpo e passa a estar presente em todos os momentos.‭ ‬

A tristeza,‭ ‬o sentimento de vazio e de perda passam a fazer parte da nossa vida,‭ ‬parecendo que nunca mais irão passar.

 

‭ ‬O vazio e a tristeza experimentados com a perda,‭ ‬muitas vezes podem ser equiparados a um estado de depressão e fazem parte do processo de luto.‭ ‬

São sentimentos típicos desse momento e precisam de espaço para serem vivenciados.‭

‬É de suma importância poder contar com o apoio da família,‭ ‬dos amigos e de pessoas queridas,‭ ‬para que essa fase possa ser vivida e superada.

 

‭ ‬É como se tivéssemos que reacomodar o papel daquela pessoa dentro da nossa vida,‭ ‬tendo que fazer uma reestruturação geral,‭ ‬sem a presença dela.‭ ‬

Como por exemplo a esposa que perde o marido e nessa nova realidade tem que tomar conta da casa e das demandas dos filhos sozinha,‭ ‬ou a mãe que perde um filho em um acidente e terá de conviver com essa falta pelo resto da vida.

 

‭ ‬O difícil nessa história é a aceitação dessa nova realidade,‭ ‬pois apesar de sabermos que a morte faz parte do ciclo natural da vida,‭ ‬nunca tivemos uma representação nítida do que ela é.

O pior de tudo é que muitas vezes, quando menos esperamos,‭ ‬ela bate a nossa porta.

 

Logo que o ente querido se foi, é comum que a pessoa envolvida no processo de luto, não aceite essa ausência e passe a negar essa nova realidade, o que é normal.

Esse é o primeiro passo para a elaboração de um processo de luto.

O segundo passo será com o passar do tempo,‭ ir ‬aceitando o fato,‭ ‬a realidade da perda,‭ ‬para posteriormente, no passo seguinte, ir elaborando essa dor,‭ ‬ adaptando-se e ajustando-se a um ambiente onde essa pessoa querida já não está mais presente.

Por último reacomodar emocionalmente o lugar que essa pessoa ocupava continuando a vida apenas com as memórias e sem a presença física dela.‭

 

De acordo com Freud‭ (‬1913,‭ ‬p.65‭) “‬o luto tem uma tarefa física que precisa cumprir:‭ ‬a sua missão é deslocar os desejos e lembranças da pessoa que faleceu‭‬.‭ ‬

Assim ‬como a criança passa por etapas para seu desenvolvimento saudável, as etapas do luto também precisam ser vivenciadas para que não ocorram traumas ou danos futuros.”

 

‭ ‬Mas este é um processo que deve ir acontecendo aos poucos, pois‭ ‬não é da noite para o dia que se supera a morte de alguém.‭ ‬

A dor sentida,‭ ‬deve ser vivenciada e encontrar espaço para ser expressada.‭

‬É com o passar do tempo que estes sentimentos vão se esvaziando e que a normalidade na vida da pessoa que ficou vai se reestabelecendo.‭ ‬Não dar o devido espaço para que esses sentimentos venham a tona pode inclusive prolongar o processo de luto e tornando-o um luto patológico, não permitindo que a pessoa consiga retomar a sua vida.

Nestes casos procurar um psicólogo e uma psicoterapia é de suma importância.

 

Já nos casos de um luto normal,‭ ‬a psicoterapia também pode ajudar muito, auxiliando as pessoas que sentem não ter um espaço dentro de casa para expor a sua dor e os sentimentos de perda.‭

V‬olto a repetir,‭ que ‬ter alguém para dividir essa dor é necessário.


‭ AUTORA: Psicóloga Ursula Parisotto


Se você procura Psicóloga (o) ou Psiquiatra em Porto Alegre entre em contato conosco e agende sua Primeira Consulta.

Atuamos com atendimentos a crianças, adolescentes e adultos assim como avaliação neuropsicológica, avaliação psicológica, avaliação de perfil comportamental e orientação vocacional/profissional.

Curta nossa Página no Facebook https://www.facebook.com/psicoaquiportoalegre

Siga nosso Instagram https://www.instagram.com/psicoaqui/

ou Ligue 051 99975-2605 /051 99286-9750

COMPARTILHE

Marque sua consulta